Quarta-feira, 17 de Julho de 2024
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
25°
17°
26°C
Soledade/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Notícias

Haddad diz que medidas para baratear carro popular podem sair nesta quinta; veja alternativas

Haddad diz que medidas para baratear carro popular podem sair nesta quinta; veja alternativas
24.05.2023 15h06  /  Postado por: Departamento de Jornalismo

Intenção de baixar preço dos carros populares foi manifestada publicamente pelo presidente Lula, no começo do mês. Nos últimos dias, representantes de ministérios e do setor discutiram alternativas. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta quarta-feira (24) que o governo pode anunciar nesta quinta (25), Dia da Indústria, medidas para baratear os preços dos chamados “carros populares”

“Eu acredito que é amanhã, porque é o Dia da Indústria e talvez ele [presidente Luiz Inácio Lula da Silva] queira anunciar. Mas eu não sei se vai dar tempo de processá-las”, disse Haddad.

As declarações foram dadas após reunião do ministro com o presidente Lula e com o vice-presidente, Geraldo Alckmin, que também é ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e Serviços e está coordenando esse pacote de medidas.
Atualmente, os carros zero mais baratos do país tem preço de partida por volta de R$ 68 mil. A intenção de baratear os veículos foi manifestada publicamente pelo presidente Lula durante discurso no dia 4 de maio.

Alternativas para baixar preço:

Mais cedo, nesta quarta-feira, o ministro Haddad já havia dito que “várias possibilidades” para tentar baratear o carro popular estavam em estudo.

“Mas tem coisa que só dá para fazer o ano que vem. Pode até ser anunciada, mas só dá pra fazer no ano que vem, em virtude das regras fiscais [das contas públicas]”, declarou, antes da reunião com Lula e Alckmin

  • Nos últimos dias, representantes de ministérios e do setor discutiram possíveis alternativas para reduzir os preços.
  • Os executivos frisaram para o governo que as montadoras já têm muita pouca margem de lucro nos carros populares e que, por isso, seria difícil reduzir os preços nas fábricas. A margem, segundo as empresas, são maiores no carros mais caros.
  • Alckmin já sinalizou que o pacote também deve incluir medidas de apoio à indústria de caminhões.

.

Fonte: G1

Imagens
Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.