Terça-feira, 20 de Setembro de 2022
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
19°
11°
19°C
Soledade/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Geral

Morre, aos 84 anos, o jornalista e narrador Armindo Antônio Ranzolin

Comunicador estava internado em Porto Alegre, em tratamento por complicações do Alzheimer.
Morre, aos 84 anos, o jornalista e narrador Armindo Antônio Ranzolin
17.08.2022 16h43  /  Postado por: Departamento de Jornalismo

O jornalista e narrador Armindo Antônio Ranzolin morreu nesta quarta-feira (17), aos 84 anos, em Porto Alegre. O comunicador estava internado na Capital, em tratamento por complicações do Alzheimer.

Nas redes sociais, a jornalista Cristina Ranzolin, filha de Armindo Antônio, publicou uma homenagem ao pai. “Vou sentir muita saudade desse abraço! Vai em Paz, meu Pai!!! Amor infinito e eterno!!!”, escreveu.

Ranzolin deixa a mulher, Yara, os filhos Cristina e Ricardo, os netos Henrique, Manoela e Antônia.

O velório está marcado para as 8h desta quinta-feira (18), no Crematório Metropolitano, em Porto Alegre. A cerimônia de despedida será realizada às 15h.

Trajetória

 

Armindo Antônio Ranzolin nasceu em 8 de dezembro de 1937 em Caxias do Sul, mas foi em Lages (SC) que descobriu a vocação de narrador de futebol, durante as partidas de futebol de botão que disputava com os amigos.

Era formado em Direito, mas começou a trabalhar em 1959 na Rádio Difusora. Um ano depois, já atuava na área esportiva. Sua primeira narração de uma partida profissional de futebol foi em 1960, entre Grêmio e Santos, no Estádio Olímpico, pela Taça Brasil.

Após, foi para Rádio Farroupilha. Lá, participou como narrador de rádio-teatro. No fim dos anos 60, chegou à Rádio Guaíba. Em 1984, já estava no Grupo RBS. Atuou nas áreas de esporte da RBS TV e da Rádio Gaúcha.

Narrou centenas de partidas entre Internacional e Grêmio, times gaúchos, tanto pela rádio quanto pela televisão.

Já consolidado em narrações esportivas, começou a ganhar notoriedade em coberturas jornalísticas. Foi o primeiro apresentador de um dos programas mais importantes da Rádio Gaúcha, o Gaúcha Atualidade. Ao longo da carreira, recebeu diversos prêmios e participou de coberturas marcantes.

Também foi diretor da Rádio Gaúcha, onde comandou a expansão da rádio e o início das transmissões via satélite para todo o Brasil, a Gaúcha SAT.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.