Segunda-feira, 03 de Outubro de 2022
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
19°
10°C
Soledade/RS
Tempo limpo
Ao Vivo:
Agricultura

RS: tabaco se desenvolve bem mesmo na seca

A planta tem mais tolerância à deficiência de unidade no solo
RS: tabaco se desenvolve bem mesmo na seca
07.01.2022 16h04  /  Postado por: Departamento de Jornalismo

Na região administrativa da Emater/RS-Ascar de Pelotas, seguem as atividades de colheita das folhas maduras do tabaco, estimando-se que já tenham sido colhidos 20% da safra. Nesta época, é bastante intenso o envolvimento da mão de obra familiar nas atividades de colheita, transporte, secagem e armazenamento. A colheita do tabaco é realizada somente nas horas mais frescas do dia.

A fase predominante da cultura continua sendo o desenvolvimento vegetativo, que requer intensa utilização de mão de obra para adubação de cobertura, capina, desbrota – capação do pendão floral, além da colheita e dos serviços da sequência: secagem, armazenagem e transporte do produto. Alguns produtores têm relatado a ocorrência do amarelão, doença que prejudica a qualidade do tabaco.

Como é uma planta com mais tolerância à deficiência de unidade no solo, as expectativas de produção permanecem muito boas, embora o amadurecimento das folhas tenha acelerado. Ainda que não seja significativa, já há comercialização do produto, algo que na região não acontecia tão cedo há mais de 10 anos. Com isto, há boas expectativas para a comercialização desta safra.

Os principais municípios produtores de fumo na regional de Santa Rosa se localizam próximos ao rio Uruguai – Alecrim, Porto Lucena, Porto Vera Cruz, São Paulo das Missões, onde são cultivadas áreas pequenas, de um a três hectares em terrenos de topografia ondulada. Nesses cultivos, foi finalizada a colheita e está em andamento a cura em galpão.

Em virtude do baixo volume de chuva e das temperaturas elevadas, a tendência é reduzir a produtividade de dois mil para 1.600 quilos por hectare. Além disso, a intensa radiação ocasiona perda na qualidade das folhas.

Na de Soledade, o tempo seco continua favorecendo a colheita do tabaco em toda a região. No baixo vale do Rio Pardo, as áreas estão sendo liberadas para cultivos de milho e soja, porém, com semeadura interrompida devido ao baixo teor de umidade do solo. Em regiões de maiores altitudes, a colheita se intensifica. Apesar do período de estiagem, a qualidade das folhas colhidas é boa.

Informações do Boletim Informativo da Emater/RS

FONTE: AGROLINK

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.