Sábado, 25 de Setembro de 2021
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
18°
9°C
Soledade/RS
Parcialmente nublado
Ao Vivo:
Agricultura

Mesa Redonda Virtual aborda mudanças no Plano Safra 2021/2022

Mesa Redonda Virtual aborda mudanças no Plano Safra 2021/2022
30.06.2021 16h54  /  Postado por: Departamento de Jornalismo

O Plano Safra 2021/2022 contará com um aporte de recursos 6% maior que o ano anterior. Neste ano, serão R$ 251,2 bilhões destinados aos agricultores, sendo R$ 34 bilhões para o Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e R$ 39,3 bilhões para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Esses valores e outras mudanças e alterações nas resoluções foram tema da Mesa Redonda Virtual, na tarde de quarta-feira (30/06), transmitida ao vivo e simultânea no Facebook e canal do Youtube do Programa Rio Grande Rural da Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

Com um aumento de 19% em relação ao ano passado, que foi de R$ 33 bilhões, o recurso do Pronaf, no qual está concentrado a maior parte do público assistido da Instituição, contará com R$ 21,7 bilhões para custeio a curto prazo de lavouras, do plantio até a colheita, e manutenção de animais; e outros R$ 17,6 bilhões para investimento a longo prazo (terras, maquinários, infraestrutura). Outra mudança para o Pronaf é o aumento dos limites de crédito (até R$ 200 mil e R$ 400 mil, com diferentes taxas de juros para investimentos), de habitação (R$ 60 mil), da renda bruta do produtor para enquadramento no programa (R$ 500 mil) e do microcrédito (R$ 30 mil).

O evento, acompanhado por mais de 500 pessoas, foi aberto pelas falas do presidente e do diretor técnico, Geraldo Sandri e Alencar Rugeri, e mediado pelo extensionista Célio Colle. As apresentações que destacam a importância do Crédito Rural como ferramenta de Extensão Rural foram feitas pelos extensionistas Sandra Dalmina, Alano Thiago Tonin e Roblein Cristal Coelho Filho.

Para Colle, é fundamental destacar a importância dos técnicos “na ponta”, e a atuação dos extensionistas de cada escritório municipal, que elaboram bons projetos. “Além da elaboração dos projetos, o produtor recebe acompanhamento por meio do crédito assistido, com orientação dos técnicos durante todo o período de implantação da cultura ou da atividade rural desenvolvida, para assim poder fazer as melhores escolhas e ter uma menor probabilidade de erro, visto que ele está escolhendo a variedade certa, seguindo a recomendação de uma adubação conforme a análise do solo e, caso ocorrer algum problema como uma estiagem, até orientação sobre como acessar o Proagro. Por isso, o crédito é uma ferramenta do desenvolvimento rural regional no sentido de o agricultor estar investindo em sua produção”.

A primeira apresentação sobre custeio e investimento abordou o volume de recursos do Plano Safra com ênfase no Pronaf, critérios de enquadramento no programa e obtenção da Declaração de Aptidão (DAP), créditos de custeio, investimento e comercialização. “Do total aplicado no Pronaf em todo o país, o Rio Grande do Sul, na safra 2020/21, foi responsável pela contratação de 27% dos recursos, o que demonstra a importância do crédito rural para a agricultura gaúcha, sendo que a Emater foi responsável por 23% dos projetos elaborados no Estado”, ressalta Colle.

A segunda apresentação abordou o Proagro: conceito, fluxo, perdas amparadas e não amparadas, eventos indenizáveis, obrigações do beneficiário, alíquotas, elevação em relação ao ano anterior, valor enquadrado, documentação (análise de solo, notas fiscais, semente própria, insumos próprios, valor referente aos serviços), e nova comprovação de perdas, que passa a vigorar com essas alterações.

A terceira e última apresentação mostrou o trabalho da Emater/RS-Ascar, a importância do Projeto Técnico, acompanhamento, crédito assistido, programas da Instituição e Seapdr (habitação, armazenagem, irrigação, agroindústria, Turismo Rural) e a infraestrutura para atendimento das demandas dos agricultores.

 

Veja o evento completo em https://bit.ly/3h7f9OY

 

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar

Jornalista Taline Schneider

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.