Domingo, 11 de Abril de 2021
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
31°
20°
21°C
Soledade/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Geral

RS deve permanecer em bandeira preta até o mês de abril, afirma Leite

Governo do Estado estuda retomar a cogestão a partir da próxima semana, permitindo a liberação de algumas atividades econômicas
RS deve permanecer em bandeira preta até o mês de abril, afirma Leite
15.03.2021 17h08  /  Postado por: Departamento de Jornalismo

Devido a atual situação do sistema de saúde gaúcho, de acordo com o governador Eduardo Leite, o Estado deve permanecer na bandeira preta, que prevê as maiores restrições no sistema de distanciamento controlado, até o mês de abril.

Se mantida a tendência atual dos indicadores que formam o cálculo das bandeiras, a perspectiva é de que a bandeira preta permaneça até que haja uma reversão no cenário e queda nos números. Essas projeções são baseadas nos dados que compõem o modelo de Distanciamento Controlado.

O número de pacientes confirmados com a doença em UTIs, que é um dos indicadores, aponta que houve um aumento de 800 para cerca de 2,5 mil pessoas nessa condição. Isso significa que ainda há uma situação de superlotação dos hospitais, fazendo com que o modelo do Distanciamento Controlado indique a bandeira preta. Com relação à cogestão, o governo pretende conversar com os prefeitos na tarde de sexta-feira (19) para definir os próximos passos. Mesmo que haja uma eventual decisão de retomar a cogestão, o governo entende que serão necessários ajustes nos protocolos da bandeira vermelha, tornando as atividades mais restritas.

A previsão do Estado é de que até o final de março o número de pacientes necessitando de leitos de UTI siga aumentando. A expectativa é de que o cenário comece a mudar no mês de abril.

Fonte: Leouve*

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.