Terça-feira, 30 de Novembro de 2021
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
24°
12°
14°C
Soledade/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Geral

RS confirma 13 regiões em bandeira vermelha no Distanciamento Controlado

Gabinete de Crise negou os recursos enviados pelas áreas de Santa Maria e Passo Fundo
RS confirma 13 regiões em bandeira vermelha no Distanciamento Controlado
08.02.2021 18h27  /  Postado por: Departamento de Jornalismo

O governo do Rio Grande do Sul definiu, nesta segunda-feira, que as 13 regiões preliminarmente classificadas na bandeira vermelha vão permanecer como risco alto de contaminação para o coronavírus e esgotamento hospitalar na 40ª rodada do Distanciamento Controlado

O Gabinete de Crise negou os recursos enviados pelas áreas de Santa Maria e Passo Fundo, que pediam a reconsideração para a bandeira laranja, porque, além do alto risco epidemiológico, a salvaguarda atuou nos dois casos.

As regiões em bandeira vermelha são: Porto Alegre, Capão da Canoa, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo, Canoas, Cruz Alta, Ijuí, Novo Hamburgo e Taquara. Já as regiões de Bagé, Caxias do Sul, Guaíba, Pelotas, Cachoeira do Sul, Erechim, Lajeado e Uruguaiana estão em bandeira laranja.

As medidas do Distanciamento Controlado passam a valer oficialmente a partir da meia-noite desta terça-feira até 15 de fevereiro.

Nesta segunda-feira, o Rio Grande do Sul teve 34 novas mortes registradas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) e, com isso, o Estado passou a contabilizar 11.028 vítimas fatais em decorrência do coronavírus desde o início da pandemia, nos últimos 11 meses.

Regra 0-0 e cogestão

De acordo com o mapa preliminar da 40ª rodada, 308 de 497 municípios estão classificados em bandeira vermelha. Desses, 126 podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

De acordo com o governo estadual, Santa Maria não faz parte da cogestão, portanto, deve seguir as regras estaduais de bandeira vermelha. Passo Fundo e outras 11 regiões que aderiram ao sistema de cogestão regional podem adotar os protocolos próprios compatíveis até o nível de restrição da bandeira laranja.

As seis regiões classificadas em laranja participantes do sistema de cogestão podem utilizar protocolos de bandeira amarela. Guaíba e Uruguaiana são as únicas que não aderiram ao modelo e, por isso, devem seguir os protocolos estaduais de bandeira laranja.

Fonte: Correio do Povo

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.