Sábado, 10 de Dezembro de 2022
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
33°
17°
17°C
Soledade/RS
Tempo nublado
No ar: Programa de sábado 1
Ao Vivo: Programa de sábado 1
Polícia

Decretada prisão de homem apontado pelo homicídio de padre em Tapera

Decretada prisão de homem apontado pelo homicídio de padre em Tapera
23.05.2015 12h37  /  Postado por: upside

A Juíza Marilene Parizotto Campagna, da Comarca de Tapera, homologou a prisão em flagrante e decretou a prisão preventiva de Jairo Paulinho Kolling, pelo homicídio do padre Padre Eduardo Pegoraro e por tentativa de homcício contra Patricia Haunss Kolling. A decisão é da noite dessa sexta-feira, 22/5, data em que ocorreu o crime.
Segundo relato de testemunha, o casal chegou e a vítima Patricia disse que queriam conversar com o Padre, tendo os três se dirigido até a casa paroquial. Minutos depois foram ouvidos três estampidos e em seguida a vítima Patricia chegou solicitando ajuda e afirmando que seu esposo, Jairo Paulinho, havia efetuado disparos de arma de fogo contra ela, o padre e contra si mesmo.
A magistrada entendeu que a segregação provisória do investigado é necessária por conveniência da instrução criminal. Conforme auto de apreensão, constata-se que o flagrado saiu de sua residência, juntamente com a vítima Patricia, para irem conversar com a vítima Padre Eduardo levando consigo um revólver municiado e cinco estojos CBC, calibre .38, o que evidencia seu intento em praticar os fatos, assegurando-se que não faltaria munição.
Ainda, considerou necessário decretar a prisão, a fim de garantir a segurança e a integridade física e psicológica da vítima sobrevivente, bem como das testemunhas.
Embora não seja motivo suficiente para segregação cautelar, saliento que o fato gerou grande comoção nesta comarca, considerando que a vítima Padre Eduardo era muito querida pelas pessoas que frequentam a igreja da qual era pároco, registrou a Juíza.
COMOÇÃO DA COMUNIDADE:
Centenas de Pessoas participaram do velório do sacerdote, realizado na igreja Matriz de Tapera até o inicio da manhã. Em seguida o corpo foi transladado para Agua Santa, de onde o padre é natural. O sepultamento deverá ocorrer às 15H. 
Devido a comoção na cidade, o empresário foi transferido para um hospital de Carazinho, onde está internado sob escolta da SUSEPE. Assim que tiver alta, ele deverá ser ouvido pelo delegado Marino Franceschi para explicar a motivação do crime. Informalmente, o homem alegou questões passionais. Após, o suspeito, morador de Selbach, será recolhido a um presídio da região. A mulher está internada em Passo Fundo. Ela ainda não poder ser ouvida, mas revelou que o marido era ciumento. 
 
 
 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.