Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2022
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
29°
15°
15°C
Soledade/RS
Tempo nublado
No ar: Programa de quinta 1
Ao Vivo: Programa de quinta 1
Polícia

Lasier abandona candidatura ao Senado por “complexidade partidária e conveniências de alianças”

Político do Podemos tentará vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de 2022
Lasier abandona candidatura ao Senado por “complexidade partidária e conveniências de alianças”
03.08.2022 18h07  /  Postado por: Departamento de Jornalismo

O senador Lasier Martins (Podemos) confirmou, nesta quarta-feira (3), a decisão de abandonar a candidatura à reeleição e de tentar uma vaga de deputado federal. Lasier decidiu recuar da disputa ao Senado porque a coligação de seu partido no Rio Grande do Sul já tem uma candidata para o mesmo cargo: Ana Amélia Lemos (PSD).

– Após as recentes convenções, diante da complexidade partidária do Estado e conveniências de alianças, decidi colocar o meu nome à disposição do Podemos para concorrer à Câmara Federal – disse.

O Podemos integra a coligação que apoia a candidatura de Eduardo Leite ao Piratini. A aliança conta ainda com Cidadania, MDB e PSD.

Durante o anúncio, Lasier destacou que altera a sua meta política em 2022 para atender a um “apelo do partido no sentido de reforçar a nominata de candidatos” e para dar continuidade à defesa de projetos de lei que estão em tramitação no Congresso.

Deltan Dallagnol (Podemos), ex-integrante da força-tarefa da Laja-Jato e que deixou a carreira no Ministério Público Federal para ingressar na política, participou do anúncio e elencou elogios a Lasier.

– Se eu chegar à Câmara dos Deputados, eu iria amar ter você como meu mentor lá – disse o ex-procurador da República, que também busca uma vaga de deputado federal por seu Estado de original, o Paraná.

Lasier conquistou a atual vaga que ocupa no Senado nas eleições de 2014, à época pelo PDT. Com uma única vaga em disputa naquele ano, ele venceu com 37,42% dos votos. Em segundo lugar, ficou Olívio Dutra (PT), com 35,31%, seguido de Pedro Simon (PMDB), com 16,08%. Os demais concorrentes foram Simone Leite (PP), Júlio Flores (PSTU), Ciro Machado (PMN) e Gold (PRP).

Fonte: GZH

 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.