Sábado, 10 de Dezembro de 2022
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
33°
17°
21°C
Soledade/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Polícia

Comunidade aguarda início do velório do Padre assassinado em Tapera

Comunidade aguarda início do velório do Padre assassinado em Tapera
22.05.2015 18h26  /  Postado por: upside

A movimentação já é intensa na igreja matriz de Tapera onde pessoas aguardam a chegada do caixão com o corpo do Padre Eduardo Pegoraro, pároco, morto na manhã desta sexta-feira (22).
O corpo deverá chegar em Tapera por volta das 20h onde será velado até as 6H da manhã de sábado. Em seguida o féretro será translado para a cidade de Água Santa onde será velado até as 15:30 e em seguida enterrado.
Padre Eduardo nasceu em 09 de janeiro de 1982, em Tapejara e foi ordenado sacerdote em 19 de julho de 2009, por dom Liro Meurer, em Água Santa. Como lema da ordenação, padre Eduardo escolheu a frase do Evangelho de Mateus, Ide por todo o mundo, proclamai o Evangelho a toda a criatura. Antes de trabalhar em Tapera, o presbítero atuou como vigário das paróquias São José, Nossa Senhora da Glória e Nossa Senhora de Fátima, em Carazinho
A MORTE
Grande repercussão movimentou a região Alto Jacuí na manhã desta sexta-feira (22) após o crime que resultou na morte do padre Eduardo Pegoraro no município de Tapera. O religioso tinha 33 anos.
O cenário do crime foi a casa paroquial, que fica anexa à igreja matriz do município. Segundo apontam os primeiros indícios, Jairo Paulinho Kolling teria atirado no religioso, em seguida em sua esposa Patrícia Haunss e logo após tentado o suicídio. O casal reside em Selbach.
A principal suspeita é que o fato tenha sido um crime passional. O casal foi encaminhado à hospitais da região, sendo Jairo Paulinho Kolling para Carazinho e Patrícia Haunss para Passo Fundo. 
 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.