Sábado, 10 de Dezembro de 2022
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
33°
17°
18°C
Soledade/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Polícia

Arquidiocese de Passo Fundo divulga nota sobre a morte de padre em Tapera

Arquidiocese de Passo Fundo divulga nota sobre a morte de padre em Tapera
22.05.2015 15h20  /  Postado por: upside

Após a morte do Padre Eduardo Pegoraro, pároco de Tapera, na manhã desta sexta-feira (22), a Arquidiocese de Passo Fundo divulgou uma nota de pesar. Confira oque diz o documento.
Padre Eduardo nasceu em 09 de janeiro de 1982, em Tapejara e foi ordenado sacerdote em 19 de julho de 2009, por dom Liro Meurer, em Água Santa. Como lema da ordenação, padre Eduardo escolheu a frase do Evangelho de Mateus, Ide por todo o mundo, proclamai o Evangelho a toda a criatura. Antes de trabalhar em Tapera, o presbítero atuou como vigário das paróquias São José, Nossa Senhora da Glória e Nossa Senhora de Fátima, em Carazinho
Nota de pesar pelo falecimento do padre Eduardo Pegoraro:
“A morte não é nada. Eu somente passei para o outro lado do Caminho. Eu sou eu, vocês são vocês. O que eu era para vocês, eu continuarei sendo… Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do Caminho” (Santo Agostinho)Irmãos e irmãs, com a mesma perplexidade, todos nós tomamos conhecimento do triste fato da morte de nosso querido Padre Eduardo Pegoraro. Ainda que humanamente nossos sentimentos sejam variados em relação ao acontecido, somos convidados, pela confiança em Nosso Senhor, a nos confortarmos nesta hora.Assim como todos, também eu, arcebispo e portanto, pai de nosso Padre Eduardo, não sei bem as palavras a serem usadas, por isso recorri a Santo Agostinho, neste belo poema sobre a morte. Sim, o jovem e bom padre Eduardo passou para o outro lado do caminho, não está longe… Continuará sendo para nós, o amigo de sempre, porém agora, junto ao Cristo Ressuscitado, razão de sua vida e de seu ministério.
Convido a todos, para que neste momento nos unamos de verdade, numa grande prece de reconciliação, na ocasião em que nos aproximamos da Festa de Pentecostes. Uma prece pela Igreja de Passo Fundo, que perde um valoroso colaborador. Uma prece por este irmão, para que alcance o descanso dos justos, preparado pelo Cristo àqueles que tudo entregaram por Ele. É hora de dor, mas também hora de Fé e de Esperança. É o valoroso alento da Fé que nos deve impulsionar neste momento. Rendamos nossas homenagens humanas ao Padre Eduardo, mas a maior homenagem que poderemos lhe ofertar é continuar nos convertendo e servindo o Senhor e a Sua Igreja assim como fez este irmão. Homem sereno e pacifico, eis duas virtudes que o Padre Eduardo nos deixa.Padre Eduardo, vá em paz, vá com Deus! Obrigado! Lá do céu olhe por cada um de nós, por nossa Arquidiocese. Que a Mãe Aparecida abra seus braços e acolha este filho. E na confiança da fé dizemos: Dai-lhe Senhor o descanso eterno, e a luz perpétua o ilumine. Descanse em paz! Amém.
O CASO: 
Grande repercussão movimentou a região Alto Jacuí na manhã desta sexta-feira (22) após o crime que resultou na morte do padre Eduardo Pegoraro no municipio de Tapera. O religioso tinha 33 anos. 
O cenário do crime foi a casa paroquial, que fica anexa à igreja matriz do municipio. Segundo apontam os primeiros indícios, Jairo Paulinho Kolling teria atirado no religioso, em seguida em sua esposa Patrícia Haunss e logo após tentado o suicídio. O casal reside em Selbach. 
O Padre Eduardo morreu na hora e o casal foi encaminhado ao hospital Roque González de Tapera, ambos em estado estável. Jairo deverá passar por cirurgia nas próximas horas e possivelmente será transferido para uma casa de saúde de maior porte.
A polícia civil investiga o caso e a perícia é aguardada junto a casa paroquial para os procedimentos policiais. A principal suspeita é que o fato tenha sido um crime passional.
 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.