Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
Telefone: (54) 3381.1550
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
28°
15°
17°C
Soledade/RS
Noite clara
Ao Vivo:
Plantão

Ciclista morto atropelado era médico dos hospitais São Vicente e da Cidade

Ciclista morto atropelado era médico dos hospitais São Vicente e da Cidade
13.02.2018 15h50  /  Postado por: upside

Um ciclista morreu atropelado nesta manhã (13), na ERS 153, saída de Passo Fundo para Ernestina, depois de ser atingido por um automóvel Fiat/Brava de cor branca, em alta velocidade. O condutor estava embriagado e fugiu do local sem prestar socorro, mas foi detido pela polícia logo em seguida.
Segundo informações obtidas no local, a vítima retornava da pedalada, quando foi atingida. O corpo foi arremessado por alguns metros e o homem morreu na hora. Médico e pai de um bebê de cinco meses, Jonatas Conterno, 37 anos, foi reconhecido pelo sogro que saiu pedalar mais tarde na mesma direção, com intuito de encontrar o genro e continuar a atividade física. No meio do caminho, entretanto, o sogro se deparou com a cena e reconheceu a bicicleta, com a roda traseira destruída.
A vítima era natural de Porto Alegre, mas morava em Passo Fundo há cerca de três anos. Ele era médico oncologista nos hospitais São Vicente de Paulo e da Cidade.
 Prisão
A prisão ocorreu minutos após ao fato, na rua Inspetor Serafin Lemos de Mello, no bairro Garden. O veículo ainda colidiu contra uma residência e destruiu portões e o muro da casa. Testemunhas relataram que poucos metros do atropelamento, o acusado largou uma mulher, deu um cavalo de pau com o veículo e seguiu em direção ao Trevo da Caravela. Ele quase atingiu outra ciclista, mais a diante, até que entrou em direção ao bairro Nenê Graeff.
Policiais do Pelotão de Operações Especiais (POE) iniciaram as buscas imediatamente e cruzaram com ele no bairro. Após colidir o carro, foi detido e identificado como Manoel Fernandes, de 30 anos. Ele não tinha passagens pela polícia.
Preso em flagrante, foi conduzido até a delegacia, onde foi autuado por homicídio culposo – quando não tem intenção de matar – fuga do local do acidente e embriaguez ao volante. Em seguida, vai ser recolhido ao presídio.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.