Sexta-feira, 14 de Maio de 2021
Telefone: (54) 3381.1550
Whatsapp: (54) 9 9940-1045
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
18°
18°C
Soledade/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Esportes

Advogado de Oscar estuda entrar com recurso na próxima semana

23.03.2012 16h31  /  Postado por: upside

O caso Oscar promete novos episódios a partir da próxima semana. O advogado do jogador, André Ribeiro, irá esperar apenas a publicação no Diário Oficial da sentença que deu ganho de caso ao São Paulo para buscar um recurso nas esferas superiores em Brasília. Na última quinta-feira, o representante do atleta entrou com uma ação para tentar a rescisão contratual mediante pagamento de R$ 4,2 milhões. Esse valor corresponde a 50% do valor total pela quebra do vínculo, já que o jogador negociou metade dos seus direitos com o Internacional. A Justiça, no entanto, negou o pedido.
Com o jogador tendo contrato em vigor com o São Paulo, o clube espera que o atleta apareça no CT da Barra Funda nos próximos dias. Isso, no entanto, não vai acontecer. André Ribeiro afirmou que o atleta, mesmo sem condições de jogo, seguirá treinando no Internacional até que apareça um fato novo.
Questionado sobre o assunto na entrevista coletiva desta sexta-feira, o técnico Emerson Leão não quis se alongar sobre questões jurídicas, mas disse que se o atleta será imediatamente incorporado aos treinamentos, caso se apresente – Eu sou apenas técnico do clube. Os advogados estão tendo muito trabalho. Essa polêmica foi criada lá atrás. O Oscar é um excelente jogador, que foi formado na base do São Paulo. Eu não vou entrar nas questões administrativas do passado porque não estava aqui. O que posso dizer é que, a partir do momento em que ele se torna atleta do clube, irá treinar. Tenho de trabalhar com todos da mesma maneira – ressaltou o comandante são-paulino.
O caso Oscar divide a diretoria do São Paulo. Existe a corrente que defende a negociação imediata pelo valor da multa ou, então, que se busque um acordo com o Internacional, com o clube recebendo uma importante parte dos direitos econômicos em caso de negociação futura. Outra acredita que, apesar de tudo que ocorreu, ainda existe espaço para o atleta voltar a vestir a camisa da equipe do Morumbi. Mas o jogador e seus representantes garantem que isso não vai acontecer.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.